Brasil: império do crime pela impunidade e inversão de valores

2

Após assistir, perplexo, as últimas imagens e vídeos que me chegaram pelas redes sociais é impossível não concluir que vivemos, no Brasil, na barbárie bestial pré-romana.
É impossível para qualquer pessoa que possua a mínima capacidade cognitiva, ou seja, não seja um lunático, não sentir, primeiro, um profundo asco, a ponto de ter o estômago embrulhado, e depois uma profunda revolta.
Com mais de 70 mil homicídios e 500 policiais mortos por ano como não concluir que o Brasil está em guerra civil por causa do crime?
Eu sei exatamente como essas hordas de criminosos, estimulados pela inversão de valores e pela impunidade, agem e pensam. Depois de quase 20 anos de serviço na polícia militar e de ter servido em varias unidades operacionais e participado de centenas de operações e policiamentos e ter sentido na pele o que é ser policial no país que mais mata policiais no mundo.
Os criminosos brasileiros, especialmente depois de praticarem dezenas, centenas de crimes que ficam impunes, se tornam animais. Somente isso. Animais.
Seja do ponto de vista psicológico, pois agem somente por estímulos bestiais primários, seja do ponto de vista moral, pois são amorais e imorais, seja do ponto de vista espiritual, pois são demônios possuídos.
Criminosos com armas de guerra: realidade cotidiana no Brasil onde hordas de criminosos andam impunes nas ruas buscando a quem devorar.
Por tudo isso cabe a pergunta: Até quando vamos assistir e sofrer na pele nossa e da nossa família o genocídio da população brasileira com quase 70 mil homicídios por ano (700 mil em 10 anos). Afinal, qual guerra no mundo teve esse número de baixas entre a população civil desde a segunda guerra mundial? E por quê nós brasileiros temos que suportar isso em silêncio como gado indo para o matadouro? Até quando vamos suportar marginais socialistas na política,  no governo, mídia de massa, nas universidades e escolas e no judiciário defendendo e estimulando esse estado infernal de realidade? Eles, até mais que os bandidos, são culpados de cada assassinato, casa latrocínio, cada roubo, cada estupro que ocorreu e que ocorre nesse país pois sem a sua agenda de desestabilização da sociedade por meio do crime e da impunidade nada disso estaria acontecendo.
Será que o brasileiro enlouqueceu? Não percebeu que qualquer um, e a sua família, seja na rua, SEJA DENTRO DE SUA PRÓPRIA CASA, corre um risco imediato de vida?
Será que estamos todos nós como povo sofrendo de “paralaxe cognitiva”, pois ao vermos países como Chile, Estados Unidos com casas sem muro e com os índices criminais que são 1/6 dos nossos não nos faz perceber que tem algo errado com o Brasil?
Ou o povo brasileiro acorda do sono da morte e começa uma guerra de vida e morte contra o crime e expulsa a pontapés os defensores de bandidos de esquerda de todos os campos da sociedade ou seremos massacrados até que só sobre uma grande linha de lápides em um cemitério sem lei chamado Brasil.
Olavo Mendonça.
Vídeos de crimes que a cada dia estão mais comuns no nosso país:

Fontes das Fotos:
Anúncios

2 COMENTÁRIOS

  1. Sem dúvida, suas palavras traduzem perfeitamente o sentimento que perturba nossas mentes. Eu iria ainda mais longe. Ano que vem a nossa Constituição completará trinta anos em vigor. Durante este período ficou mais que provado que as pessoas que administram o nosso país não possuem a menor condição de conduzir nem boteco, desses copos-sujos que existem em cada esquina das nossas cidades, e que só conseguem ir a falência quando o dono realmente abandona, ou morre. Não diria que a culpa é apenas dos socialistas. Aqui no Brasil acho que estas definições de esquerda e direita nem se aplicam, tamanha é a capacidade de todos que se vêem no poder assaltarem os cofres públicos em benefício próprio. Uma verdade tenho observado: não importa o partido político ou a ideologia que esbravejam, serão sempre usurpadores e aproveitadores. Até acho que foi bom o PT ter assumido o poder que assumiu. Tivemos a prova de que eles, por falta de experiência no poder, terem se deixado pegar por causa do “olho grande”. Sim, a ganância, a vaidade os empurrou pra baixo, e o deslumbramento com tanto dinheiro talvez os tenha cegado, pra que não vissem o tamanho das provas que foram deixando à mostra. São bandidos, só que são tolos. Inteligentes para enxergar oportunidades, mas lhes faltou o tirocínio que as velhas raposas tem. Mas graças aos seus desvaneios a ferida ficou exposta, e agora temos a oportunidade de ver a carne podre e os vermes a disputando. A violência nas ruas é culpa da corrupção, assim como a falta d’água na capital, as Cracolândias, a fome, a dengue e a chicungunha. É dinheiro que tinha uma finalidade, mas se esvaiu pelo ralo. A conta chegou, e mais uma vez o trabalhador honesto está pagando.
    Sou um colega seu, da sua turma, e tenho acompanhado e me indignado junto com você. Acho que já ficou provado que nossa classe política não tem a mínima condição intelectual (e muito menos moral) para ocupar o lugar em que estão. Já passou da hora de eles serem, todos, colocados em seu devido lugar, e cederem o espaço pra quem tem um mínimo de compromisso com o bem estar da sociedade e daqueles que entendem o que é viver nela.
    Abraços.

DEIXE UMA RESPOSTA