PM prende 7 suspeitos de saquear loja durante protesto em Taguatinga

0

Ainda nesta tarde, quatro adolescentes foram apreendidos com pedras que seriam arremessadas contra ônibus, segundo a polícia.

A maioria dos manifestantes do protesto em Taguatinga são menores de idade que foram liberados da escola.

Sete pessoas foram presas e quatro adolescentes apreendidos no início da noite desta segunda-feira (24/6), após tentarem saquear uma loja no centro de Taguatinga, durante o protesto que começou na Praça do Relógio, na tarde desta segunda-feira (24/6).

Aproximadamente 700 estudantes saíram do local e foram em direção à residência oficial do governador Agnelo Queiroz, fechando todas as vias da EPTG, e voltaram para a Praça do Relógio. A tentativa de furto ocorreu na Praça do Relógio, segundo a polícia, quando os manifestantes retornavam.

De acordo com a Polícia Militar, entre os manifestantes estava a torcida organizada do Brasiliense, e parte dela teria se dispersado do grupo para tentar saquear uma loja. Os suspeitos foram detidos em flagrante. Além disso, quatro adolescentes também foram apreendidos com pedras que, segundo a polícia, seriam jogadas em ônibus que passassem pelo local.

Mais cedo, muitos comerciantes do centro de Taguatinga fecharam as portas com medo da ação de vândalos.

Os manifestantes reivindicam a não aprovação da PEC 37, o fim da corrupção, a falta de recursos financeiros para a saúde e educação, e a revisão da lei para os menores de idade que cometem crimes.

Com informações de Almiro Marcos.

Fonte: Correioweb

{jcomments on}

Anúncios

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA