Um Filme de amor e esperança: The Little Boy

0

Existem filmes que conseguem, de alguma forma, ir além do que se espera e alcançar lugares na mente, e na alma, que não estariam acessíveis normalmente, especialmente quando se refere ao cinema dos dias atuais.

Porém, às vezes, uma pequena luz fura a cortina da escuridão e brilha teimosamente, arrancando as pessoas das suas vidas cinzas e tristes e as enchendo de esperança. Esse é o caso de belo filme chamado “Little Boy”.

O que se poderia dizer de um filme despretensioso que, de alguma forma, consegue em pouco mais de uma hora e meia, abordar temas tão delicados e complexos como o amor, aqui o sentido de amor vai muito além do sentido trivial que damos hoje em dia, um amor profundo, sincero e quase que sobre-humano, entre o protagonista, o garotinho (little boy) e o seu pai, Fé, novamente em um sentido muito além do trivial, esperança, perdão, sofrimento, guerra, ideologia, ateísmo, compaixão e, por fim, milagres.

Na história o pequeno Pepper tem uma forte ligação com o seu pai, que o viu nascer e, como ele mesmo diz, era o seu “parceiro”, o seu único amigo. Os dois vivem uma amizade intensa e que o pequeno menino o enxerga como um verdadeiro herói das histórias em quadrinhos. Porém, a guerra chega ( o filme se passa na segunda guerra mundial) e com ela a necessidade da alistamento de homens para lutar e defender o país. Devido a um problema de saúde do seu filho mais velho é o pai de Pepper que precisa ir para o combate. A situação deixa o pequeno garoto de sete anos desolado, porém, ao ouvir o sermão de um padre na missa o pequeno menino fica disposto a lutar para a trazer o pai de volta da guerra, mas não com armas, mas com a sua fé. Com esse objetivo ele começa a seguir uma lista de boas ações entregue pelo padre Oliver.

Com este enredo as ações se desenrolam na pequena cidade do garotinho de uma maneira que ela jamais esquecerá.

Um excelente filme que deixa marcas n’alma e no intelecto.

Olavo Mendonça.

Veja o trailer do filme:

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA