Black Blocs, policiais militares e o mensalão

0

Para esta quinta-feira (12/09) foi marcada uma grande manifestação dos temíveis Black blocks na frente do Comando Geral da PMDF. Redes sociais pulsavam durante toda a semana falando sobre essa manifestação. O Comando da PM se preparou para se deparar com um grande número de manifestantes onde apareceram cerca de 60 pessoas vestidas de preto com musiquinhas e palavras de ordem. Rapidamente perceberam que não deu ibope sua manifestação e foram embora.

A motivação para tal manifestação foi a famosa frase do nosso Capitão PM “porque eu quis”. Manifestantes ficaram indignados e organizaram tal manifestação. Mas o que mostra o quanto esse tipo de manifestação é idiota e vazia é saber que a menos de 10 quilômetros dali, nossa mais alta corte, o Supremo Tribunal Federal, estava tratando de colocar panos quentes no maior crime da nossa história política, o crime do mensalão.

Não que a questão do capitão não seja digna de questionamentos, não é isso, mas se preocupar com uma frase ao invés de se preocupar com os rumos do maior julgamento do Supremo, que trata de políticos que roubaram milhões dos cofres públicos é tão descabido que levanta suspeitas sobre os manifestantes e suas reais intenções.

Ou são idiotas mesmo, ou são manipulados por forças políticas que querem o foco da mídia longe Praça dos Três Poderes. Porque Black blocks, punks, ONGs, UNE e outras entidades não estão protestando, brigando, jogando tinta no local certo? Porque ninguém vai às ruas para brigar contra este acobertamento de falcatruas que ocorre no STF?

O desvio de atenções sempre ocorreu e sempre ocorrerá, e nós policiais militares somos o chamariz perfeito para grupos políticos no país. Quem não dará mais atenção no noticiário a troca de sopapos entre policiais e manifestantes, a discussões sobre liberdade, a jatos de água contra manifestantes. São cenas de cinema, verdadeiras produções hollywoodianas, manifestantes jogando pedras e quebrando lojas enquanto policiais tentam restabelecer a ordem jogando gás e bombas de efeito moral.

A população um dia vai perceber que nós policiais somos sempre utilizados para desviar a atenção do que realmente interessa. Somos o circo para essa república podre. E mesmo que eventualmente não seja o caso, o que ocorreria se não houvessem policiais para deter os baderneiros? Imagine, faça uma leve reflexão: manifestantes com seus coquetéis molotov, paus e pedras sem policiais para impedi-os, Você realmente acha que os políticos iriam mudar? Que iriam ficar com medinho? Não senhores, eles simplesmente iriam roubar mais ainda com a reconstrução superfaturada dos órgãos que os manifestantes quebraram e pronto. As coisas mudam com votos, e não com pedras.

Pires da Rocha.

fonte da foto: G1

Fonte: Caserna Papa Mike

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA