Ataques do crime organizado em Goiás

0

Mais dois ataques com explosivos a caixas eletrônicos aconteceram na noite de ontem e na madrugada de hoje em Goiás.

Marginais invadiram a Administração do Jardim Ingá, em Luziânia, renderam e amarraram os dois vigilantes e explodiram o caixa eletrônico. Os criminosos fugiram sem levar o dinheiro, pois a explosão destruiu as notas.

 

Ainda na noite de ontem, mais de quinze policiais militares foram mobilizados para desarmar um explosivo com dinamite que foi colocado por bandidos em um caixa eletrônico em um posto de combustíveis no centro de Águas Lindas. A operação foi um sucesso e ninguém se feriu, o que poderia ter sido uma tragédia de grandes proporções se explosão e o fogo atingissem as bombas de combustível.

Com esses dois ataques já são mais de 30 caixas eletrônicos arrombados  com uso de explosivos, somente no estado de Goiás. Minas Gerais, que também está sob ataque, foram mais de 54 ataques só no ano passado.

Esse tipo de crime grave, feito por quadrilhas com alto grau de organização, já que a obtenção de explosivos controlados pelo Exército, transporte, preparação, detonação e fuga requerem uma complexidade organizacional elevada, vem aumentando assustadoramente nos Estados que fazem fronteira com o DF. 

Além disso, o roubo de caixas eletrônicos é uma ação de capitalização do crime com vistas à ações mais fortes, especialmente contra a Polícia.

{jcomments on}

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA