Candidato a deputado do PSOL é preso pelo BOPE com drogas

1

Um candidato a deputado distrital do Partido Socialismo e Liberdade (Psol) foi preso por volta das 17h dessa quarta-feira (20/08) por porte e o uso de maconha. Marcelo Valente Nunes, de 49 anos, estava no interior do próprio veículo em via pública no Núcleo Bandeirante quando foi abordado por policiais militares do BOPE. Com ele, foram encontrados drogas e dinheiro em espécie. Dentro do veículo também estava um panfleto com o número de campanha do candidato. As substâncias ilícitas foram encaminhadas para a perícia da Polícia Civil.

O candidato, que também é bancário, foi conduzido para a 27ª Delegacia de Polícia (Recanto das Emas). Embora estivesse no Núcleo Bandeirante, Marcelo foi preso em flagrante e, por isso, encaminhado para a unidade policial do Recanto das Emas, responsável pela investigação.

Segundo o relato da ocorrência, o suspeito apresentava sinais de ter consumido os entorpecentes. Ele assinou um termo de compromisso de comparecimento ao juizado especial e foi liberado sem a necessidade de pagar fiança.

O artigo 28 da Lei 11.343/2006 do Código Penal Brasileiro prevê que adquirir, guardar, transportar ou trouxer consigo, para consumo pessoal, drogas sem autorização ou desacordo com determinação legal é crime.

Fonte: Correioweb.

1 COMENTÁRIO

  1. O artigo 28 da Lei 11.343/2006 do Código Penal Brasileiro prevê que adquirir, guardar, transportar ou trouxer consigo, para consumo pessoal, drogas sem autorização ou desacordo com determinação legal é crime.
    O correto não é trouxer, e sim, trazer. Jornalistas, jornalistas.

DEIXE UMA RESPOSTA