Carta Capital incentiva protestos com queima de ônibus

0

A revista Carta Capital – aquela que é pautada por Lula e foi financiada pela Odebrecht com dinheiro de caixa 2 – publicou em seu blog “Justificando” o artigo “Queimar ônibus é uma das formas de luta pelo direito humano ao transporte público“.

No texto, os três autores – todos com formação em “Direitos Humanos” – defendem que “queimar ônibus (…) é uma das expressões da luta pelo direito humano ao transporte público, que é, em suma, um imperativo para garantia do direito à cidade. O ônibus queimado é um símbolo da indignação dos corpos incendiados diariamente dentro e nas paradas dos ônibus precários e lotados na cidade, e sua fumaça não pode servir de cortina para esconder as arbitrariedades do Poder Público.”

O texto surge em um momento do ano em que tradicionalmente há aumentos dos preços das tarifas – que também são subsidiadas pelas prefeituras e governo estaduais por meio dos impostos -, o que enseja protestos normalmente violentos e com depredação por parte de terroristas da esquerda – no fundo, defensores da total estatização do sistema disfarçada de “passe livre”.

Cabe lembrar que os serviços de transporte são concessões estatais e que cada ônibus queimado pode ser utilizado pelas empresas de ônibus como justificativa justamente para aumentar as tarifas. Somente um livre mercado no setor – sem qualquer regulação estatal – poderia permitir que houvesse diversos tipos de transportes com tarifas livres, atendendo diversos públicos que demandam o serviço nas cidades sem necessitar do dinheiro dos pagadores de impostos, evitando que aqueles que não utilizam o serviço sejam obrigados a pagar pelos mesmos.

Fonte: ILISP.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA