Fracassa manifestação contra Capitão da PMDF

0

 

Convocada pelas redes sociais a manifestação contra o Capitão da PMDF do Batalhão de Polícia de Choque fracassou e teve a presença de menos de 40 militantes.

O fiasco do protesto ocorreu mesmo com ampla divulgação nas redes sociais, jornais de grande circulação e pelos canais de televisão, o que mostrou tacitamente que a maioria esmagadora da população não legitima as ações do grupo Black Bloc, que não raras vezes é criminosa.

O foco da manifestação era pedir a demissão do Capitão Bruno da PMDF que foi mostrado em um vídeo na internet respondendo com ironia a um militante que, após provocá-lo com uma câmera por mais de 40 minutos, consegui que ele respondesse ao questionamento do porquê ele ter jogado gás lacrimogêneo com a frase: “Por que eu quis”.

Ninguém do grupo quis explicar que crime o Capitão cometeu e, segundo fontes da PMDF, quiseram entregar o vídeo sem edição para análise da Corregedoria, o que mostra o quanto a manifestação é sem sentido.

Com ampla divulgação nas redes sociais, internet e da grande mídia televisiva, além dos jornais, o vídeo, editado, rapidamente virou um hit na internet, mas não do jeito que os militantes e meios de mídia esperavam, e sim despertando milhares de manifestações espontâneas de apoio ao Capitão de pessoas de todas as classes sociais e idades, transformando o Capitão Bruno em um símbolo da luta contra os crimes de vandalismo e tantos outros praticados por esses grupos mascarados que, desobedecendo o Artigo quinto da Constituição Federal no seu inciso IV que diz “É livre o pensamento, sendo vedado o anonimato”, continuam a praticar todo o tipo de desordem e violência.

A comunidade “Eu apoio o Capitão Bruno” teve mais de duas mil e oitocentas curtidas no Facebook em poucos dias.

No Rio de Janeiro os líderes do grupo foram presos por vandalismo e além de muito material para ser usado gerando violência ter sido apreendido, com eles foram encontradas imagens de pedofilia, sexo com crianças. Leia a notícia clicando aqui.

Entre as manifestações de apoio ao Capitão Bruno está esse artigo escrito pelo intelectual Luciano Ayan que pode ser lido aqui.

Assista ao vídeo editado clicando aqui.

Fonte da foto: Correioweb.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.