Nota da Frente Parlamentar de Segurança Pública reforça tese de Bolsonaro sobre isolamento

Capitão Willian Miller, coordenador da Frente Parlamentar de Segurança Pública, faz alerta sobre aumento de crimes violentos decorrentes dos efeitos da epidemia sobre a economia.

0
Capitão Willian Miller coordenador da Frente Parlamentar de Segurança Pública

Nesta terça-feira, 31 de março, o Capitão da PMGO Willian Miller, coordenador da Frente Parlamentar da Segurança Pública, protocolou ofício ao Palácio do Planalto alertando sobre a possibilidade de aumento de crimes violentos em caso de colapso da economia.

A comunicação foi realizada através do gabinete do Deputado Capitão Alberto Neto, do estado do Amazonas. O documento vem na esteira das preocupações de diversos setores do governo com os efeitos das medidas restritivas de liberdade, para combate ao corona vírus, sobre a economia e segurança pública.

O ofício tem como anexo uma nota técnica, produzida pelo Capitão Willian Miller, e que faz referência a um estudo, produzido pelo Senado Federal, que relaciona o aumento do desemprego com o aumento no número de homicídios.

A conclusão do documento é que as ações de isolamento vertical seriam mais efetivas e menos nocivas a população.

Confira o vídeo:

Anúncios

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.