Policiais de AL passam a contar com app para consultas criminais durante abordagens nas ruas

Objetivo é otimizar acesso a dados das bases dos governos estadual e federal, sem que seja preciso contato com a base pelo rádio das viaturas.

0

A Secretaria de Segurança Pública (SSP) lançou nesta terça-feira (9) o aplicativo Quimera, que permite aos policiais fazer consultas criminais de pessoas e veículos no momento em que eles forem abordados, durante ações nas ruas.

O novo aplicativo foi apresentado durante uma entrevista coletiva à imprensa no Palácio República dos Palmares, no centro de Maceió. Segundo a SSP, a ferramenta já está disponível para uso pelos policiais.

De acordo com a SSP, os policiais militares, civis e peritos que estiverem em diligências, poderão consultar dados das bases dos governos estadual e federal com mais facilidade, sem precisar entrar em contato com o Ciods [Centro Integrado de Operações da Defesa Social] pelo rádio.

“O Quimera é um aplicativo que foi elaborado para facilitar a vida do policial que está na ponta. Evidentemente que, se a Secretaria de Segurança Pública oferece uma ferramenta que otimiza o trabalho dos policiais, peritos e bombeiros que estão na rua, você está otimizando a capacidade operacional das forças policiais em defesa da sociedade. O Quimera já está pronto, inclusive já foram dadas as instruções para boa parte dos policiais e eles já podem utilizar”, disse o secretário de Segurança Pública, coronel Lima Júnior.

No aplicativo estão disponíveis as consultas de mandados em aberto, alerta de celulares roubados ou furtados e veículos com queixas de roubo; acompanhamento das ocorrências em tempo real; ver a quantidade de policiais serviço; além de permitir a produção de boletim de ocorrências.

O governador Renan Filho (MDB), integrantes da SSP e representantes das forças policiais participaram do lançamento do aplicativo.

Aplicativo Quimera foi lançado em entrevista coletiva no Palácio República dos Palmares, no centro de Maceió — Foto: Thamires Ribeiro/G1

Redução de homicídios

Na ocasião, também foram apresentados os índices de homícidios entre os meses de janeiro e março de 2019. De acordo com dados do Núcleo de Estatística e Análise Criminal (Neac), foram 316 Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) contra 416 no mesmo período de 2018, uma redução de 24,1%.

O mês de março também trouxe reduções, alcançando o menor número desde 2012 em Alagoas, segundo a SSP. Em 2019 foram registrados 101 CVLIs em todo o estado, uma redução de 26,8% em comparação ao mesmo mês do ano passado, que registrou 138.

A redução na capital foi de 37,7%. Em março foram registrados 28 homicídios neste ano e em 2018, 45.

“Essas reduções são um indicativo de que a Segurança Pública segue no caminho certo, segue reduzindo violência e segue garantindo mais segurança e tranquilidade para as pessoas”, avaliou o governador Renan Filho (MDB).

Fonte:
https://g1.globo.com/al/alagoas/noticia/2019/04/09/policiais-de-al-passam-a-contar-com-app-para-consultas-criminais-durante-abordagens-nas-ruas.ghtml


SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.