O Papa é católico?

2

A capa da revista americana Newsweek trouxe uma chamada de capa, para dizer o mínimo, inusitada:

O Papa Francisco é católico?

Essa capa, feita em razão da visita que o Papa Francisco fez a Havana, Capital de Cuba comunista, e que depois seguiu para os Estados Unidos, “A terra da opressão do capitalismo”, lançou uma série de dúvidas e preocupações no meio católico americano.

A discussão só tomou a grande mídia, em grande parte esquerdista e anticatólica visceral, por conta que o debate em sites e nas redes sociais já havia atingido o ápice, seja na Europa, quanto nos Estados Unidos e na América Latina. Somente aqui no Brasil ninguém fala, ou, sequer ouviu falar que existe algum problema no Papa argentino.

As preocupações começaram com a inesperada “renúncia” do Papa Bento XVI, que fez uma renúncia apenas ao governo da Igreja, mantendo assim o seu pontificado intacto e forçando os seus inimigos e da Igreja inventarem um malabarismo teológico e dogmático chamando-o de “Papa Emérito”, o que, para aqueles que tem o mínimo da doutrina católica é, no mínimo uma piada de mau gosto, pois, dogmaticamente, só pode existir um Papa, como só pode existir um São Pedro. Por isso, hoje, especialmente na Itália, já se fala abertamente que houve um golpe de Estado (o Vaticano é um país) e que a própria eleição do Papa Francisco foi inválida. Estes argumentos se tornaram mais contundentes com a publicação de dois livros, um de um cardeal suíço, que narra abertamente que participou e organizou uma conspiração, da qual fazia parte o então cardeal argentino Bergoglio, que depois se tornaria o Papa Francisco. Esta conspiração tinha por meta obstruir e derrubar o papado de Bento XVI, considerado antirrevolucionário e voltado para a fidelidade da doutrina católica, e para eleger no conclave, a eleição papal, o cardeal argentino. Isso, essa confissão abjeta, é, por si, pelo direito canônico e confirmada por documentos do Papa João Paulo II, como passível de excomunhão automática, o que tornaria os cardeais eleitores e cardeal candidato inválidos.

Outro livro que trouxe fatos preocupantes e que praticamente abriu os debates sobre o fato de Bergoglio ser na verdade um “antipapa” foi o jornalista, vaticanista e apresentador da TV italiana Antonio Socci, que escreveu um livro chamado “No es Francisco”, ou, em português, “Não é Francisco”, que narra todos os problemas conhecidos até então com a vida, eleição e pontificado do novo Papa.

As suspeitas se concretizaram com a publicação dos documentos do Papa Francisco, sejam as encíclicas, ou o seu moto próprio, onde ele legitima toda a sorte de heresias, seja o papo furado agnóstico da “mãe terra”, seja um anticapitalismo que deixaria Dom Hélder Câmara com inveja, seja na desmoralização da moral católica e dos dogmas.

Além das suas palavras, sejam elas escritas ou faladas, que mais causam confusão e apostasia do que convertem e salvam, as suas ações são de deixar qualquer padreco da teologia da libertação de boca aberta. Dentre elas podemos citar:

Ele levou, com o dinheiro do dízimo dos católicos, para o Vaticano todos os esquerdopatas do Brasil, inclusive o Stédille, líder do MST, grupo de desestabilização comunista que vive do crime de esbulho possessório no Brasil, que aproveitando os holofotes europeus arrotou que o MST possui meio milhão de homens em armas no Brasil prontos para a revolução comunista armada;

Ele escondeu o crucifixo peitoral em todas as audiências com hereges ou pagãos, sejam eles judeus ou muçulmanos;

Ele se cercou de toda corja de clérigos comunistas, maçons, mafiosos, pedófilos, sodomitas, hereges e tuti quanti que se encontrou nos esgotos imundos da Igreja e que estavam em uma fase péssima no governo de Bento XVI;

Ele perseguiu e praticamente extinguiu uma das ordens mais santas da Igreja nos dias atuais, os Franciscanos da Imaculada, ordem fundada por São Maximiliano Kolbe, mártir da Igreja que morreu em um campo de concentração nazista e que era o inimigo número dois da maçonaria (a número um é Nossa Senhora);

Ele desmoralizou a Santa Doutrina ao lavar os pés de um travesti na Santa Cerimônia do Lava Pés;

E poderíamos numerar fatos ad infinitum, mas fiquemos com estes para não estender o artigo além do que é o indicado neste espaço, mas cada pessoa que quiser, seja ela católica ou não, pode buscar informações e chegar as suas próprias conclusões.

Quanto a situação atual nos cabe lembrar que a obsessão deste Papa não é restaurar a Santa Missa ou a Santa disciplina na Igreja e a Sã doutrina, ou amparar e estimular os católicos oprimidos pela demoníaca doutrina socialista marxista e que vivem esmagados pela sua mão de ferro em Cuba, na Bolívia, na Venezuela ou em qualquer outro país em processo revolucionário, mas sim usar toda a estrutura da Igreja para convocar sínodos para quebrar o dogma do casamento ou para legitimar a sodomia destruindo a moral e a família como sacramento universal.

Esse quadro caberia perfeitamente na profecia de São Malaquias, que foi levada a sério por todos os papas e católicos por mais de mil anos e que nunca falhou, que narra que este papado autual, que segue o papado da “Glória da Oliveira” identificado como o de Bento XVI, já que o nome Bento é do fundador dos mosteiros e padroeiro da Europa e que o seu símbolo é uma oliveira, seria seguido pelo terrível papado de “Petrus Romanus”, que seria o último papado antes da grande tribulação e o fim da Igreja no modelo atual antes do Julgamento final de Deus. O nome Petrus Romanus indica que este último papa se conectaria com Pedro e Roma, ou seja, voltaria a ser o bispo de Roma, como foi São Pedro, o primeiro Papa. Uma das primeiras atitudes do Papa Francisco foi abolir o imenso título oficial do papado para apenas “Bispo de Roma”. Deve ser por isso que ele ao chegar na varanda do palácio papal no dia da sua eleição, depois de dispensar as vestes formais papais e de não abençoar a multidão, disse: “Boa noite. Meus amigos cardeais vieram buscar um papa do fim do mundo”.

Que Deus, pela intercessão de Nossa Senhora de Fátima, em que as suas profecias chegam agora em ponto determinante, nos proteja e liberte a Santa Mãe Igreja de todos os infiltrados e maus, que assim como Judas Escariotes, sentaram a mesa do Cordeiro de Deus para trair a Sua confiança.

Que São Bento e São Malaquias roguem a Deus sejam os nossos intercessores neste momento de trevas espessas.

Olavo Mendonça.

Eu fiz um breve comentário sobre este assunto no programa BlitzDigital na Rádio, que pode ser assistido abaixo:

Referências:

http://www.lanacion.com.ar/1732329-un-libro-cuestiona-la-eleccion-del-papa 

http://fratresinunum.com/2014/10/04/nao-e-francisco-o-livro-de-socci-sobre-o-papa-agita-o-vaticano/ 

http://ultimostiempos.org/7-noticias/171-antipapa

http://ultimostiempos.org/7-noticias/171-antipapa

http://lacuevadeloslibros.blogspot.com.br/2014/09/francisco-no-es-el-papa-antonio-socci-y.html

http://www.infovaticana.com/2014/10/07/es-nula-la-eleccion-del-papa-francisco/

http://www.infovaticana.com/2014/10/07/es-nula-la-eleccion-del-papa-francisco/

http://fratresinunum.com/2015/10/19/por-que-bergoglio-anuncia-agora-a-reformademolicao-do-papado-arcebispo-tomasz-peta-no-sinodo-aqui-entrou-a-fumaca-de-satanas-profetizada-por-paulo-vi/

http://fratresinunum.com/2015/10/15/tagespost-ha-um-sinodo-paralelo/

http://fratresinunum.com/2015/10/15/uma-profecia-teresiana-sobre-os-nossos-tempos/

http://fratresinunum.com/2015/10/09/o-fator-kasper/

http://fratresinunum.com/2015/10/07/kim-davis-quem-a-conhece-a-unica-audiencia-real-ocorreu-com-o-casal-gay/

http://fratresinunum.com/2015/10/06/cronicas-do-sinodo-limmacolata-vincera/

http://fratresinunum.com/2015/10/05/permaneca-absolutamente-firme-na-doutrina/

http://fratresinunum.com/2015/09/30/ratzinger-nao-podia-vender-nem-comprar/

http://fratresinunum.com/2015/09/29/qual-o-papel-desempenhado-pela-rede-de-saint-gall/

http://fratresinunum.com/2015/09/25/mafia-eclesiastica/

http://fratresinunum.com/2015/09/24/papa-cuba-prisoes-e-silencio/

http://fratresinunum.com/2015/09/23/sinal-dos-tempos-um-papa-ter-que-confirmar-que-e-catolico/

http://fratresinunum.com/2015/09/18/os-atos-de-governo-do-papa-podem-ser-questionados/

http://fratresinunum.com/2015/09/15/estados-unidos-e-cuba-o-diabo-e-a-agua-benta/

http://fratresinunum.com/2015/09/13/foto-da-semana-246/

2 COMENTÁRIOS

  1. Um papa que pede em favor dos refugiados sírios, permitindo assim que o islamismo adentre na Europa.
    O que se pode esperar de alguém assim?
    Neste trecho:
    Ele perseguiu e praticamente extinguiu uma das ordens mais santas da Igreja nos dias atuais, os Franciscanos da Imaculada, ordem fundada por São Maximiliano Kolbe, mártir da Igreja que morreu em um campo de concentração nazista e que era o inimigo número dois da maçonaria (a número um é Nossa Senhora);
    Restou apenas o primeiro inimigo da maçonaria, que é uma ficção do homem, que bom hein?
    Eu sou CRISTÃO!

DEIXE UMA RESPOSTA