Cristofobia: 10 cristãos são mortos todos os dias na Nigéria por sua fé

Compartilhe nas redes sociais

Por Heleno Farias -15 de julho de 2019

A batalha pela separação da igreja e do estado continua a grassar nos Estados Unidos, mas David Curry, CEO da Postas Abertas USA, quer que os cristãos americanos saibam como é a perseguição em outras áreas do globo – e é um paradigma bastante chocante .

“É um mundo diferente”, disse Curry em uma recente entrevista sobre ” The Pure Flix Podcast “, observando a intensidade da perseguição em alguns países. “O que pode fazer por nós, porém, é nos informar e podemos aprender muito com essas pessoas nesses países em nossa própria caminhada. Como tal, acho que eles valorizam mais as Escrituras. ”

Ele continuou: “Eles crêem na adoração juntos e na igreja mais – para poderem se reunir e falar sobre Jesus em segurança e deixar seus filhos irem à igreja e aprenderem o tipo de coisas que tão desvalorizamos de algumas maneiras e podemos aprender muito com eles.”

Curry explicou que o destino dos cristãos no norte da Nigéria é especialmente terrível. A Nigéria tem cerca de 91 milhões de cristãos. Houve um aumento na perseguição cristã na última década, com uma média de 10 cristãos por dia sendo mortos por sua fé.

Ele continuou: “Eles crêem na adoração juntos e na igreja mais – para poderem se reunir e falar sobre Jesus em segurança e deixar seus filhos irem à igreja e aprenderem o tipo de coisas que tão desvalorizamos de algumas maneiras e podemos aprender muito com eles.”

Curry explicou que o destino dos cristãos no norte da Nigéria é especialmente terrível. A Nigéria tem cerca de 91 milhões de cristãos. Houve um aumento na perseguição cristã na última década, com uma média de 10 cristãos por dia sendo mortos por sua fé.

fonte –
https://www.jmnoticia.com.br/2019/07/15/cristofobia-10-cristaos-sao-mortos-todos-os-dias-na-nigeria-por-sua-fe/

Como o socialismo matou milhões de pessoas de fome na África e no restante do mundo
Justiça nega dois dos 17 pedidos de permanência de líderes de facções isolados em penitenciárias federais

Notícias

Cultura

Editorial

Menu