Nossa Senhora de Fátima é entronizada em Missa Solene na PMDF

Nossa Senhora de Fátima, que tem a mesma data comemorativa da Polícia Militar do Distrito Federal, 13 de maio, teve sua imagem entronizada em Missa Solene no CEPOM da PMDF em Taguatinga ontem, dia 12 de maio, por conta do aniversário de 212 anos da corporação.

A missa foi realizada no dia 12 por conta que tradicionalmente no dia 13 de maio não há expediente na corporação.

A Missa foi presidida pelo Arcebispo Militar Dom Fernando Guimarães e teve como acólitos os Capelães policiais militares Eudaci e Jefrson.

A solenidade contou com a presença de várias autoridades como o Comandante da Polícia Militar, Coronel Vasconcelos, do Subcomandante Geral Coronel Hércules, do Chefe do Estado Maior Coronel Danilo, além do Secretário de Estado de Economia André Clemente que estava representando o Governador. O governo federal foi representado pelo Coronel André Costa, também da PMDF, que hoje é o Secretário de Comunicação da Presidência da República. O evento contou também com dezenas de Oficiais, Praças e civis.

O ponto alto da cerimônia foi quando a imagem de Nossa Senhora de Fátima foi entronizada por quatro policiais militares no início da Santa Missa.

O Santo Padroeiro da PMDF, o militar São Jorge também foi entronizado em procissão sendo o escudo com a sua imagem carregado solenemente pelo Coronel Vilela, Chefe da Secretaria de Relações Institucionais da corporação.

Histórico

A Polícia Militar do Distrito Federal foi criada por meio de Decreto Real do Príncipe Regente Dom João VI, no Rio de Janeiro, em 13 de maio de 1809, data do seu aniversário, com o nome de Divisão Militar da Guarda Real de Polícia, ou GRP.

Com o passar dos anos a corporação foi mudando de nome até que em 1920 recebeu a designação atual de Polícia Militar do Distrito Federal.

Em 1960, por meio da lei Santiago Dantas, o efetivo foi dividido e uma parte transferiu a PMDF para a nova capital recém inaugurada, Brasília, enquanto os demais que permaneceram no Rio de Janeiro foram, depois, incorporados a Polícia Militar do Estado da Guanabara.

Em 1917 o maior milagre da história depois da Ressurreição de Jesus Cristo

Em 13 de maio de 1917 em Fátima, interior de Portugal, três crianças, pastoras de ovelhas, tiveram a visão da Aparição de Nossa Senhora, Mãe de Jesus Cristo, flutuando sobre uma pequena planta.

Com as aparições se sucedendo se iniciou uma grande peregrinação para o local até que em 13 de outubro do mesmo ano Nossa Senhora realizou o Milagre do Sol na presença de mais de 70 mil pessoas, além de autoridades e jornalistas. O milagre fez com que o sol se movesse, girando e se aproximando das pessoas, causando pânico e depois sentimento de deslumbramento, pois secou todo o solo, roupas e pessoas, que estavam encharcados pelas chuvas torrenciais, e curou muitos doentes e aleijados. Esse milagre é considerado por muitos como o maior depois da Ressurreição de Jesus Cristo.

Nossa Senhora também revelou três segredos, o fim da Primeira Guerra Mundial, o início da Segunda Guerra Mundial (precedido por um grande sinal no céu que foi visto no mundo todo) e um terceiro segredo que deveria ser revelado antes de 1960. Além disso Nossa Senhora pediu que o Papa consagrasse a Rússia ao Seu Imaculado Coração por meio de cerimônia com o Papa e todos os Bispos do mundo. Caso contrário os erros da Rússia se espalhariam pelo mundo levando morte, destruição e varrendo do mapa nações inteiras.

Que Nossa Senhora de Fátima interceda pela Polícia Militar do Distrito Federal cuidado de todos os seus policiais militares, ontem, hoje e sempre.

Olavo Mendonça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.