Notícias

Suécia abre os braços para assassino afegão por ‘razões humanitárias’

Compartilhe nas redes sociais

O Tribunal de Migração da Suécia concedeu residência permanente a um imigrante ilegal com histórico de assassinato no Afeganistão.
O imigrante de 25 anos de idade se envolveu em uma disputa por terras e dinheiro com seu primo no Afeganistão. Ele o matou a pedradas.

O afegão então fugiu para o Irã, onde morava com sua família, mas temendo ser alvo de uma vingança, ele decidiu fugir do país com sua esposa e dois filhos.

Eventualmente terminando na Suécia, o afegão e sua família pediram asilo em 2015.

A Agência Sueca de Migração rejeitou o pedido, mas o Tribunal de Migração já reverteu a decisão e concedeu a residência permanente à família, ao considerar credível a narrativa de que existe uma ameaça para o imigrante ilegal em sua terra natal.

Dessa forma, mais uma vez, a Suécia envia uma mensagem clara aos criminosos de que o crime pode ser vantajoso caso eles estejam em busca de asilo no país.

Adaptado da fonte Aftonbladet

Por: Tarciso Morais

fonte: https://renovamidia.com.br/suecia-abre-os-bracos-para-assassino-afegao-por-razoes-humanitarias/

Tags: ,
Eleições – Joice Hasselmann denuncia esquema de 600 milhões contra Bolsonaro
A inquisição brasileira e o modelo policial francês

Notícias

Cultura

Editorial

Menu