MEC credencia Instituto Superior de Ciências Policiais da PMDF

0
Tenente-coronel Nunes

A Polícia Militar do Distrito Federal é a primeira força policial a ter uma instituição de ensino superior credenciada pelo Ministério da Educação. Após dois anos e meio de um rigoroso processo de avaliação, o Instituto Superior de Ciências Policiais, ICSP, foi credenciado pelo MEC no último dia 09 de agosto. Com isso, o Distrito Federal passa a ter três instituições públicas de ensino superior: Universidade de Brasília, Escola Superior de Ciências da Saúde e o ICSP.

Em junho deste ano, o Conselho Nacional de Educação já havia avaliado, com nota máxima, a instituição policial.

Tenente-coronel NunesCom a missão de promover com excelência as atividades educacionais de preparação de policiais militares, fundamentadas nos eixos técnicos e legais do ensino policial, na ciência pedagógica e nos Direitos Humanos, o ISCP nasce com o reconhecimento de diversas instituições. “Já recebemos propostas de convênio e intercâmbio de várias entidades educacionais nacionais e internacionais e de órgãos públicos brasileiros”, ressaltou o coordenador acadêmico do Instituto Superior de Ciências Policiais, tenente-coronel Marcos Antônio Nunes.

Durante a avaliação realizada pelo MEC, profissionais da educação acompanharam o processo. Entre eles, o professor do departamento de Ciências Jurídicas da Universidade Federal de Rondônia, Vinício Carrilho. “Quem imaginaria encontrar um soldado com mestrado em filosofia? Custei um pouco para crer, mas na PMDF encontrei. Na academia de polícia, convivem lado a lado a autoridade e o saber. A Polícia Militar do DF é inteligente, uma referência nacional”, afirmou Carrilho.

O relator do Conselho Nacional de Educação, José Eustáquio Romão, acompanhou o processo e também falou sobre a importância do trabalho pioneiro da PMDF em prol da educação. “Nós vamos encaminhar ao ministro da Educação a solicitação para que conste no portfólio das ciências naturais do Brasil a nova ciência que está nascendo por causa do trabalho da PMDF”, destacou o relator.

Inep reconhece o trabalho do corpo acadêmico

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) selecionou seis professores que integram o corpo docente do ISCP, dentre eles quatro militares e dois civis, para realizarem o Curso de Avaliadores de Instituições Ensino Superior.

Para fazer parte do Banco de Avaliadores do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Basis), os professores foram capacitados pela Diretoria de Avaliação da Educação Superior do Inep. Por fim, os nomes foram homologados pelo ministro da educação, Aloizio Mercadante.

Todos os professores selecionados já estão aptos a avaliar quaisquer instituições de ensino superior na área de segurança pública, inclusive alguns deles já realizaram avaliações em outros estados.

“Há um constante crescimento na oferta de cursos voltados para as ciências policiais. O ISCP foi reconhecido recentemente e ficamos felizes por já termos representantes da nossa instituição na avaliação da educação superior brasileira”, explicou o tenente-coronel Nunes.

Cursos

O ISCP já oferece o bacharelado em ciências policiais, que está sendo cursado pelos alunos do Curso de Formação de Oficiais, e pós-graduações em docência do ensino superior; direito penal e processual penal militar; gestão estratégica em segurança pública e especialização em ciências policiais.

Para 2014, o objetivo do instituto é dar início ao curso de tecnólogo em segurança pública. Com o reconhecimento do MEC, a ideia é que as inscrições para os cursos também sejam abertas para o público em geral.

Fonte: www.pm.df.gov.br

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA