Viatura da PF é cercada por criminosos e pede reforço da PM

0

Após bandidos cercarem policiais federais, atirarem contra a viatura e roubarem um celular de um dos agentes na Vila Itaú, em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte, a Polícia Militar (PM) conseguiu prender dois suspeitos do crime, apreender uma arma e recuperar o telefone do agente, na tarde desta terça-feira (23).

Segundo a corporação, uma viatura da Polícia Federal (PF) chegou ao local, que fica atrás do Itaú Power Shopping, na parte da manhã desta segunda-feira. O objetivo era entregar uma intimação. Porém, assim que foram percebidos, os policiais foram cercados e recebidos a tiros por homens fortemente armados.

Os policiais conseguiram fugir e solicitaram reforço da PM, que imediatamente deslocou diversas viaturas para a região. Entretanto, quando chegaram, os suspeitos já haviam conseguido fugir. “Já na parte da tarde, resolvemos fazer uma operação para dar uma resposta à altura da agressão feita por estes infratores. Com a incursão do Tático Móvel no local, conseguimos fazer a prisão de dois suspeitos, apreender uma arma e recuperar o celular o policial federal”, explicou o tenente André Lopes, do 39º º Batalhão.

Um adolescente identificado pelas iniciais E.C.D, de 15 anos, e o maior R.F, de 23, foram detidos em flagrante. Ainda de acordo com o tenente, ambos já são conhecidos da polícia por atuar no tráfico de drogas na região da Vila Itaú.

A ocorrência está sendo registrada no batalhão, em Contagem, e será repassada ainda nesta segunda para a sede da PF em Belo Horizonte, no bairro Gutierrez, na região Oeste da Capital.

Em nota, enviada à reportagem de O TEMPO, a Polícia Federal confirmou que houve o tiroteio durante a entrega de uma intimação na Vila da Itaú.

Os policiais federais contataram a Superintendência Regional da PF em Minas e tiveram o pronto apoio de cerca de 30 policiais federais. Ainda segundo a nota, a Polícia Federal contou, na sequência, com o auxílio da Polícia Militar de Minas Gerais e da Polícia Rodoviária Federal em buscas pela região.

“No início da noite, policiais militares que atuam na região apresentaram dois suspeitos de participação no crime de tentativa de homicídio, sendo um deles menor de idade, o que fez com que a ocorrência fosse encaminhada para a Delegacia Especializada de Proteção à Criança e Adolescentes (DOPCAD)”, diz o comunicado.

As investigações prosseguirão tanto na PF quanto na Polícia Civil, em cooperação.

JOSÉ VÍTOR CAMILO.

Fonte: O Tempo.

Anúncios

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA