Exército dos EUA investirá em blindados elétricos

0

O Exército dos Estados Unidos planeja investir cerca de 2,4 bilhões de dólares nos próximos anos para integração de veículos híbridos e elétricos às suas frotas. A nova medida deve diminuir o custo de produção e transporte de combustíveis fósseis. Estimativas apontam que o consumo de energia do Departamento de Defesa (DoD) é equivalente a cerca de dois terços do consumo em todo o território americano.

O analista do instituto Navigant Research, Scott Shepard, afirma que “em teatros de operações distantes, o custo de transportar combustíveis fósseis para locais remotos pode ser várias vezes superior ao preço do próprio produto”. E completa: “a abordagem das FFAA para reduzir o emprego de combustíveis em operações não-táticas inclui a aquisição de cada vez mais veículos movidos a uma mistura de etanol com biodiesel. Porém, a maior parte dos investimentos será direcionada ao emprego de veículos elétricos (Hybrid Electric Veichles, ou HEV’s)”. A verba do Exército destinada à propulsão elétrica e por etanol deve subir dos atuais 435 milhões deste ano para 926 milhões até 2020.

No ano passado, o DoD foi responsável pela emissão de mais de 70 milhões de toneladas de dióxido de carbono na atmosfera – o equivalente ao consumo de combustível e emissão de poluentes da Nigéria durante um ano. Segundo relatório do instituto Navigant Research, uma área em especial receberá atenção das Forças americanas – o desenvolvimento de micro painéis solares para veículos elétricos a fim de proporcionar autonomia, além da produção de dispositivos de armazenamento para tornar a eletricidade portátil.

FONTE: Army Recognition (tradução e adaptação do Forças Terrestres a partir de original em inglês)

Anúncios

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA