Virtudes Heroicas no Brasil em tempos de trevas

3

Em tempos de trevas espessas, onde tudo parece conspirar para um fim trágico, sugando todas as nossas forças físicas e mentais e desanimando mesmo os mais fortes e determinados, no caso aqueles que juraram servir e proteger a sociedade brasileira com o risco da própria vida (os policiais, os militares, os bombeiros, etc), a sociedade inteira entra em risco de colapso, pois são esses homens que derramam o seu sangue, suor e lágrimas todos os dias para manter o nosso Brasil de pé, com ou sem pandemia.

Nesses momentos difíceis e terríveis nada melhor do que nos reportarmos aos grandes heróis do passado que com a sua fé inabalável em Deus e uma boa dose das virtudes heroicas (hoje mais necessárias do que nunca) venceram as mais tenebrosas situações, muitas vezes contra todas as possibilidades e probabilidades.

O nosso país atravessa um vale terrível onde verdadeiras hordas de criminosos, revolucionários, escravos dos vícios, corruptos dos mais diversos matizes e cores, covardes e omissos, parecem que, por um passe de mágica, se tornaram a maioria do nosso povo e, mesmo contra tudo e todos, sinalizam ter mais força, recursos e organização (inclusive internacional) do que os que lutam pelo Bom, o Belo e a Verdade.

Obviamente que esse cenário não afeta somente o nosso povo e sim praticamente todos os países do mundo que estão tendo que lidar com problemas parecidos, no caso a pandemia do vírus oriundo da China, gangues de criminosos baderneiros organizados e financiados por grupos revolucionários internacionais (ANTIFAs e tuttti quanti) além dos problemas quotidianos já citados.

A crise causada por baderneiros aflige boa parte do mundo hoje.

Isso nos sinaliza que algo maior e mais grave está em andamento, pois vivemos, com certeza absoluta, tempos anormais, extraordinários, que nos fazem lembrar de acontecimentos que precederam os atuais, como por exemplo a Pandemia de Gripe Espanhola (1918-1920), a grande Crise Econômica causada pela quebra da Bolsa de Valores (1929) e a crise bélica causada por um país dominado por um partido socialista totalitário (Alemanha Nacional Socialista 1933 – 1945). Esses fatos históricos nos lembram facilmente do momento atual com a Pandemia do COVID – 19, gravíssima crise econômica causada pelo fechamento do comércio e das crises graves pré-bélicas causadas pelo Partido Comunista Chinês com a questão de fronteira com a Índia(1), a crise do Mar da China com os EUA e o Japão(2) além das velhas bombas relógio de Hong Kong e Taiwan(3).

Conflito fronteiriço entre China e Índia pode desencadear uma guerra mundial.

No front interno temos, além dos fatores extraordinários, a “epidemia” de impunidade, que já arrancava mais de 60 mil vidas por ano(4), de corrupção(5), principalmente nos Estados(6), desmandos do crime organizado dentro e fora dos governos(7), a má gestão pública(8), a explosão do consumo e tráfico de drogas(9), a ideologização nas universidades e escolas que praticamente “estupram” as mentes de milhões de jovens brasileiros transformando-os em papagaios e marionetes do movimento revolucionário mundial(10), o discurso enviesado e falsificado das grandes empresas de mídia(11), muitas delas receptoras de grandes somas em dinheiro de organismos e empresas a serviço de potências estrangeiras(12) e, last but not least, a ocupação dos espaços pelas forças revolucionárias no judiciário e promotoria que estão causando uma verdadeira desestabilização do aparato estatal que deveria promover a justiça humana, e direcionando o seguimento para ser tornar uma fonte sem fim de injustiças, inversão de valores e opressão, dissolvendo a pouca e já minguada confiança que a população tinha no corpo judicial brasileiro(13).

Um exemplo chocante é que no meio desta pandemia e gravíssima crise econômica o judiciário tupiniquim, seja ele em todas as comarcas e graus, agiu para soltar mais de 30 mil presos alegando “risco de contaminação pelo vírus”(14). Com isso temos um exército gigantesco de criminosos nas ruas e sem perspectiva de emprego ou de arrependimento dos seus atos criminais, pois sem o devido cumprimento de penas duras os índices de reincidência subirão a níveis estratosféricos(15).

Cenas do Filme “The Dark Knight Rises” mostra uma revolução armada quando criminosos condenados são soltos.

Mais grave ainda foi a decisão da Suprema Corte de determinar a proibição de operações policiais nos morros e favelas do Rio de Janeiro(16), locais que por si só já se tornaram os mais perigosos do planeta para se policiar devido ao crime organizado maciço e fortemente armado com aparato bélico que não deixa a desejar a exército de nenhum país pequeno(17).

Essa decisão levou, na prática, a declarar que o Brasil perdeu a soberania de uma parte de seu território(18), o que já acontecia na prática, agora se deu por completo, com declaração oficial. Com essas regiões abandonadas pelo Estado com suas populações submetidas a ordem da força pelas quadrilhas milionárias e fortemente armadas do tráfico de drogas as imagens que se seguiram, que circulam livremente pela internet(19), mostram festas, bailes, patrulhas e orgias de criminosos a luz do dia, portando e mostrando o seu armamento e seu poder diante de uma população de milhões de pessoas que com suas famílias se tornaram reféns do primeiro narco território brasileiro(20). Isso em pleno Século XXI e em plena antiga capital do outrora poderoso e respeitado Império Brasileiro, no caso, o Rio de Janeiro.

Não é impossível imaginar que essa massa de criminosos soltos poderão se deslocar aos territórios autônomos do crime acima citados. Se isso ocorrer e o atual status quo se manter pelo tempo suficiente para que essa massa seja treinada e armada teremos uma revolução no Brasil.

Não custa lembrar que a cada dia, a cada hora, que essa situação se mantém o custo e o tempo para uma possível retomada desse território aumentam exponencialmente, já que dificilmente essas quadrilhas acostumadas a impunidade total e ao poder sem limites do dinheiro fácil do tráfico de drogas, vão se entregar pacificamente. Some-se isso ao ativismo ideológico dos meios de mídia(21) e judiciais que agem contra os agentes da lei temos um problema de difícil, porém não impossível, resolução a curto prazo.

Imagens da guerra da PM contra o crime lembram cenas de uma guerra civil

Nesse cenário, brevemente descrito em cores escuras e obscuras, quais são as chances reais, concretas, do Brasil voltar ter a paz e a tranquilidade de outrora, que levava os estrangeiros a suspirar e sonhar em viver em uma terra chamada de “esplêndida”(22)? Será que tudo está perdido e que não há esperança? Para o autor dessas breves linhas a resposta é uma só: É claro que ainda há esperança!

Nesse campo de batalha os partidários do Bem tem muitas vitórias a colecionar, além de novos atores (guerreiros) estarem agindo onde antes praticamente não havia ninguém do espectro conservador e cristão(23).

Nos últimos tempos vimos surgir uma série de novos meios de mídia e comunicação, livrarias, empresas, organismos, grupos, onde escritores, artistas, professores, universitários, cineastas, jornalistas, teólogos, filósofos, empresários, militares, policiais, juristas, economistas e políticos, além de incontáveis pessoas comuns, tomaram a vanguarda da guerra cultural e política onde antes era uma terra desolada pela hegemonia esquerdista(24).

Pela primeira vez em mais de 30 anos(25) o mecanismo revolucionário e corrupto dentro e fora do estado brasileiro começou a sofrer um ataque frontal e a perder a guerra pelos corações e mentes (e da alma) do povo brasileiro. O Dragão Vermelho(26 ) sentiu um golpe que o fez gemer.

O Brasil atual vive uma guerra de proporções bíblicas.

Obviamente que um grupo desumano e totalitário, organizado e mantido pelo medo e pela corrupção, possuído de uma desumana e fria ideologia materialista e genocida por natureza não iria entregar os pontos facilmente. Eles iriam contra-atacar. É o momento onde o dragão enfurecido e ferido em suas entranhas infernais parte para cima com disposição dobrada, soltando todo o seu poder das trevas, buscando destruir todos aqueles que ousaram se levantar contra ele e a sua potestade terrestre, baseada em sua coorte imunda.

Esse é precisamente o momento que estamos vivendo agora. Onde os inimigos de Deus, da humanidade e do próprio homem livre, parecem estar mais fortes do que nunca, pois sua fúria é causada pelas poderosas derrotas sofridas por eles em todas as frentes e pela iminente perda do controle total de todo um país (que eles erroneamente se acostumaram a chamar de seu), mas que na verdade nada mais é do que o ultimo suspiro movido pelo mais puro e total desespero, pois no fundo, já sabem que esta guerra está perdida, e que as coisas, JAMAIS voltarão a ser como eram antes, onde um dos maiores e mais poderosos países do mundo civilizado estava em sua posse tranquila.

O grito de liberdade soou mais forte e mais alto do que jamais se ouviu em terras tropicais. Esse brado reverberou no mundo todo, dos Estados Unidos a Polônia.

O grito de liberdade foi dado e não voltará atrás. Fonte da foto: now we are free

Outro aspecto importante que devemos jamais nos esquecer é que todas as guerras, sejam elas de pequenas ou grandes proporções, tem, sempre, um fator espiritual preponderante, quer creiamos neles ou não. Basta lembrar a situação gravíssima que o nosso país passava há poucos anos, sendo devastado por mais de três décadas de governos ideológicos, incompetentes e corruptos, que levaram o país a beira do colapso e que são diretamente culpados pelas políticas e ideologias que ainda estão ativas e agindo de maneira devastadora no tecido social da civilização brasileira.

Não é pedir muito para que imaginemos, mesmo que por poucos segundos, onde estaríamos hoje caso esses grupos e partidos ideológicos revolucionários estivessem no poder durante a gravíssima realidade que enfrentamos atualmente. Talvez estaríamos tentando uma fuga desesperada e faminta para algum país fronteiriço, como ocorreu e ocorre com nossos pobres vizinhos venezuelanos.

Digo isso apenas para mostrar que a nossa abençoada terra de Vera Cruz sempre esteve sob a proteção do Deus altíssimo e que, se mantivermos a Fé e a confiança Nele, fazendo tudo o que está ao nosso alcance e rezando inabaláveis, Ele agirá, como sempre agiu.

Creio que seja de muito proveito relembrar os fatos acontecidos e ricamente relatados nas Sagradas Escrituras, mais especificamente no Segundo Livro de Macabeus no seu capítulo 5:

10.“Quando a notícia desses acontecimentos chegou aos ouvidos do rei, ele concluiu que a Judeia queria desertar.

11.Trazendo seu exército do Egito, com o ânimo enfurecido, conquistou a cidade pelas armas.

12.Ordenou aos soldados que matassem sem compaixão aqueles que caíssem em suas mãos e que degolassem os que se refugiassem nas casas.

13.Houve, pois, uma mortandade de jovens e de velhos, carnificina de homens, mulheres e crianças, um massacre de donzelas e de meninos.

14.Em três dias houve oitenta mil vítimas, das quais quarenta mil foram mortas e outras tantas vendidas como escravas.

15.Não satisfeito com isso, o rei ousou penetrar no templo, o mais santo de toda a terra, conduzido por Menelau, que foi infiel às leis e à pátria.

16.Tomou com as mãos profanas os vasos sagrados e com mãos impuras apoderou-se das oferendas feitas pelos reis anteriores, para proveito, honra e glória do templo.

17.Antíoco exaltava-se de orgulho, mas não percebia que o Senhor momentaneamente se havia irritado por causa dos pecados dos habitantes da cidade, daí essa indiferença pelo templo.”

Percebe-se que nessa passagem Deus permitiu que a provação chegasse ao povo pela sua desobediência e falta de Fé e zelo.

Não seria difícil para nós traçar um paralelo entre o povo judeu dessa época com o nosso povo dos tempos modernos, onde a falta de Fé, de zelo pela religião, a imoralidade, a blasfêmia e a degradação em todos os aspectos da vida social tem se sobressaído em conjunto com a arrogância vazia e estúpida do materialismo ideológico que quase soterrou as virtudes, outrora patentes, do nosso povo.

“Se Deus é por nós quem será contra?” Rm 8,31

Mas não podemos esmorecer e para tanto vejamos o que se passou quando Deus ouvindo as preces e súplicas do seu povo levantou um líder guerreiro que, cheio de fé e com ajuda dos Céus, virou o jogo, mais especificamente no Segundo Livro de Macabeus no seu capítulo 10:

“24. Anteriormente vencido pelos judeus, Timóteo coligou copiosas tropas estrangeiras e reuniu na Ásia uma numerosa cavalaria, indo em direção à Judeia com a intenção de conquistá-la pelas armas.

25.Com a sua chegada, Macabeu e seus companheiros cobriram a cabeça com terra e cingiram os rins com sacos, em sinal de prece.

26.Em seguida, prostrados aos pés do altar, rogaram a Deus piedade para com eles, pedindo que se declarasse inimigo de seus inimigos e adversário de seus adversários, conforme a promessa formal da Lei.

27.Terminada a oração, empunharam as armas, retiraram-se para bem longe da cidade e detiveram-se ao chegar perto do inimigo.

28.Ao despontar a aurora, travaram combate os dois lados, contando uns com o êxito e a vitória, por causa de sua valentia e do socorro do Senhor, e os outros entregando-se ao combate, apoiados no próprio furor.

29.No auge do combate, viram os inimigos aparecer no céu cinco magníficos guerreiros, montados em cavalos ajaezados com freios de ouro, que se colocaram à frente dos judeus.

30.Postando Macabeu no meio deles e, protegendo-o com suas armas, tornavam-no invulnerável. Ao mesmo tempo, lançavam dardos e raios sobre os inimigos, cegando-os, gerando entre eles a confusão, pondo-os em desordem.

31.Foram, pois, mortos vinte mil e quinhentos soldados e seiscentos cavaleiros.

32.O próprio Timóteo fugiu para uma praça muito forte, chamada Gazara, cujo comandante era Quéreas.”

Nessa belíssima passagem podemos notar, claramente, que Deus não abandona seu povo, desde que o povo, ou a sua maioria, mantenha a Fé e as orações com confiança Nele, pois, se Ele julgar que é necessário, operará milagres portentosos e desbaratará os inimigos Dele e do Seus filhos, a quem ama e cuida.

Por fim, nesses tempos de trevas jamais percamos de vista a Luz, que é o próprio Deus, que lutará e nos libertará se mantivermos as virtudes heroicas, antes tão em falta e que hoje, pela Graça de Deus, está reaparecendo em muitas pessoas que estão, aos poucos, ombreando umas as outras, e com os olhos e os corações voltados ao Nosso Senhor Jesus Cristo, oram e lutam, na firme convicção que “se Deus é por nós quem será contra nós?(30)”

Olavo Mendonça.

Referências:

(1) Conflito armado entre China e Índia deixa pelo menos 20 mortos

(2) U.S. Warships Enter Disputed Waters of South China Sea as Tensions With China Escalate

(3) Hong Kong arrests and Taiwan flybys: China advances its interests during Covid-19 crisis

(4) https://agenciabrasil.ebc.com.br/direitos-humanos/noticia/2018-06/brasil-ultrapassa-marca-de-62-mil-homicidios-por-ano

(5)https://g1.globo.com/mundo/noticia/2020/01/23/brasil-repete-pior-nota-em-2019-e-cai-em-ranking-de-corrupcao.ghtml

(6)https://www.em.com.br/app/noticia/politica/2020/06/11/interna_politica,1155732/corrupcao-ataca-r-1-48-bilhao-destinados-ao-combate-a-covid-19.shtml

(7)https://jovempan.com.br/noticias/brasil/governo-crime-organizado-coronavirus.html

(8)https://www.transparencia.org.br/blog/coluna-10-obras-inacabadas-no-brasil-um-problema-estrutural/

(9)https://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/cidades/2012/09/03/interna_cidadesdf,320635/explosao-de-consumo-de-drogas-faz-numero-de-atendimentos-subir-77-no-df.shtml

(10)O FIM DA HISTÓRIA | PÁTRIA EDUCADORA – CAPÍTULO 1 | FILME COMPLETO

(11)Jornalismo da Globo usa mentira contra Bolsonaro e Jornal Nacional usa notícia de perfil falso no Twitter e depois se corrige;

(12)Globo assina com gigante chinesa para coprodução e tecnologia 5G e Grupo Bandeirantes e China Media Group fecham acordo de cooperação

(13) Índice de Confiança no Judiciário aponta que apenas 29% da população confia na Justiça

(14) Coronavírus: CNJ diz que ao menos 32,5 mil presos deixaram cadeia durante pandemia

(15) A impunidade é a mãe da reincidência

(16) Ministro do STF proíbe operações em favelas do Rio durante a pandemia

(17) Segundo a PM, é mais perigoso ser policial no Rio do que em qualquer parte do mundo

(18) General diz que crime organizado é a ‘maior ameaça à soberania nacional

(19) PM é morto em ação para retirada de barricadas no Morro da Serrinha, em Madureira

(20) Prefeitura de Angra quer continuidade de ações policiais

(21) PM ASSASSINA – PM do Rio promove tiroteio no Alemão um dia após proibição de operações pelo STF

(22) Documentário Rio de Janeiro City of Splendor (1936)

(23) Olavo de Carvalho anuncia criação de jornal on-line conservador

(24) Angela Alonso: “O Brasil é um país muito conservador, que não muda fácil, nem rápido e nem sem reação”

(25) Impulso conservador no Brasil surge após 30 anos de socialismo

(26) “3.Depois apareceu outro sinal no céu: um grande Dragão vermelho, com sete cabeças e dez chifres, e nas cabeças sete coroas.*”
Apocalipse, 12 – Bíblia Católica Online

(27) II Macabeus, 5 – Bíblia Católica Online

(28) II Macabeus, 10 – Bíblia Católica Online

(30) Carta de São Paulo aos Romanos Capítulo 8, versículo 3.- Bíblia Católica Online

Leia Mais:

3 COMENTÁRIOS

  1. Excelente analogia que trás conforto aos cristãos, espectadores de uma avalanche de notícias contrárias; no entanto sabemos que este combate também é o de Deus e certamente Ele se levantará em socorro àqueles que professam Seu Santo Nome. Também oportuno evocar o nome pelo qual nossa terra foi batizada, Terra de Santa Cruz, denotando nossa tradição cristã.

DEIXE UMA RESPOSTA

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.