CapaNotícias

Rússia desdobra 150 mil soldados na fronteira com a Ucrânia e tensão aumenta

Compartilhe nas redes sociais

A Rússia continua enviando tropas e blindados militares para a fronteira com a Ucrânia e a Crimeia, onde já existem cerca de 150.000 soldados desdobrados, de acordo com altos funcionários da Uniao Européia.

Foto de satélite mostra os gigantescos acampamentos militares russos na fronteira entre Rússia e Ucrânia.

É a maior escalada militar russa na área desde 2014, quando a Rússia anexou a Crimeia. Enquanto vários países europeus discutem a situação hoje, Donald Tusk, ex-presidente do Conselho Europeu, explicou a visão de alguns Estados membros do leste Europeu (divididos sobre a situação) em um tweet:

“Se você realmente quer parar a agressão russa à Ucrânia, é necessário interromper a construção do gasoduto russo Nord Stream 2. “

Milhares de blindados continuam chegando a fronteira aumentando a tensão.

Este gasoduto conectará o território da Rússia ao norte da Alemanha diretamente através do Mar do Norte. O Presidente Norte-Americano, Joe Biden, se opôs, e também a Ucrânia, pois tira de suas mãos um elemento fundamental para sua segurança: a dependência russa desses países para levar seu gás à Europa.

David Caixal é colunista exclusivo do BlitzDigital enviando textos e notícias direto da Espanha.

Tags: , , , , ,
Heróis
O Fim dos Tempos e o Grande Reset

Notícias

Cultura

Editorial

Menu